Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2015
Então apenas apertam um botão, ligam uma coisa, ela começa a desencadear uma série de outras, aí não dão sequer um outro botão qualquer à tal coisa pra ela poder desacelerar, pra pausar ou pra desligar essa merda toda. A gente existe inclusive por que há uma parte ruim e tantas vezes incontrolável existindo dentro da gente. Mas o ser bom, o ser bom por si mesmo bom, o ser que presume ser bom por completo então tem empurrar uma parte de si, a parte ruim para um canto bem escuro e ignorável. Só assim essa parte se convence de que sua melhor existência consiste em deixar de existir. Isso não explicará o todo jamais. Isso é só uma parte explicando a própria parte diante de um todo.